Nomenclatura de sais duplos

A nomenclatura de sais duplos depende da classificação desse tipo de sal, pois eles podem ser duplos em relação ao ânion ou em relação ao cátion.

Sal duplo é o sal que apresenta na sua composição dois cátions e um ânion ou dois ânions e um cátion. Se ele apresentar dois cátions, é chamado de sal duplo quanto ao cátion; se apresentar dois ânions, o sal é chamado de duplo quanto ao ânion. Veja alguns exemplos:

  • CaClBr: Esse sal apresenta os ânions Cl e Br. Por isso, trata-se de um sal duplo quanto ao ânion.

  • KMgPO4: Esse sal apresenta os cátions K e Mg. Por isso, trata-se de um sal duplo quanto ao cátion.

Para realizar a nomenclatura de um sal duplo, devemos utilizar uma regra específica para cada tipo:

a) Para sais duplos quanto ao cátion

Nome do ânion + (duplo) + de + nome do cátion mais eletropositivo + e + nome do cátion menos eletropositivo

  • KMgPO4: Fosfato (duplo) de potássio e magnésio

O elemento potássio apresenta maior eletropositividade do que o magnésio porque possui maior raio atômico em razão de o átomo de potássio deter quatro níveis (quarto período da Tabela Periódica) e o magnésio, três (terceiro período).

  • AgFeBO3: Borato (duplo) de prata e ferro II

O elemento prata apresenta maior eletropositividade do que o ferro porque possui maior raio atômico em razão de o átomo de prata apresentar cinco níveis (quinto período) e o do ferro, quatro (quarto período).

  • CaZnP2O7: Pirofosfato (duplo) de cálcio e zinco

O elemento cálcio apresenta maior eletropositividade do que o zinco porque possui maior raio atômico. Ambos estão no mesmo período da Tabela, mas como o cálcio possui um menor número atômico, ele terá maior raio e maior eletropositividade.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

b) Para sais duplos quanto ao ânion

Nome do ânion mais eletronegativo + hífen + nome do ânion menos eletronegativo + de + nome do cátion

  • CaClBr: Cloreto-brometo de Cálcio

O ânion cloreto (Cl) é mais eletronegativo que o ânion brometo pelo fato de apresentar um menor raio atômico, já que o Cl está no terceiro período (três níveis) da Tabela Periódica e o Br, no quarto (quatro níveis).

  • TiPO4CN: Fosfato-cianeto de Titânio IV

Como o ânion fosfato e o ânion cianeto apresentam mais de um elemento químico (P e O no fosfato e C e N no cianeto), para comparar a eletronegatividade dos ânions, utilizamos o elemento mais eletronegativo entre os dois que compõem o ânion. No caso do fosfato, é o O (tem menos níveis que o P) e, no caso do cianeto, é o N (tem maior número atômico que o C).

Assim, comparando os principais elementos de cada ânion, O e N, o oxigênio tem maior eletronegatividade por ter o menor número atômico e o menor raio atômico.

  • AlSO4I: Sulfato-iodeto de alumínio

Nesse exemplo, só o sulfato apresenta dois elementos na sua composição. Para comparar os ânions sulfato e iodeto, utilizamos o O em vez do S, no sulfato, pelo fato de o oxigênio ser mais eletronegativo que o enxofre (por ter menos níveis).

Assim, comparando o O com o I, o oxigênio (dois níveis de energia/segundo período da Tabela Periódica) tem maior eletronegatividade por ter menor raio atômico do que o iodeto (cinco níveis de energia/quinto período da Tabela Periódica).

Alguns sais duplos são utilizados na produção de fertilizantes agrícolas
Alguns sais duplos são utilizados na produção de fertilizantes agrícolas
Publicado por: Diogo Lopes Dias
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados