Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Físico-Química
  4. Eletroquímica
  5. Purificação de Alumínio através da Eletrólise

Purificação de Alumínio através da Eletrólise

Como se sabe, os metais não se encontram de forma pura na natureza, é preciso extrair e posteriormente purificar para obtê-los sem resíduos (impurezas). O primeiro a realizar a façanha de purificar metais através da eletrólise foi Charles Hall, no ano de 1886.

A Eletrólise é um método muito usado para este fim em razão da economia e eficiência desse método. A eletrólise ocorre na presença de eletrodos, esses são denominados de cátodo e ânodo.

Cátodo: É o eletrodo negativo que atrai cátions, e é nele que ocorre a redução do cátion.

Ânodo: O eletrodo positivo que atrai ânions e, por isso, é aqui que se dá a oxidação do ânion.

Acompanhe o processo usado por Charles Hall para a purificação de Alumínio:

1. A Aluminita (Al2O3), também conhecida como óxido de alumínio, é colocada no estado fundido em um tanque de ferro revestido com carbono. Esse tanque funciona como cátodo;

2. Os ânodos são constituídos de bastões de carbono mergulhados na Aluminita fundida;

3. As reações de oxirredução promovidas por esse processo originam Alumínio puro no cátodo.

Equações do processo:

Reação no Ânodo         3 O2- (l) → 3/2  O2 (g) + 6 é

Reação no cátodo        2 Al3+ (l) + 6 é → 2 Al (l)

Equação final               2 Al3+ (l) + 3 O2- (l) → 3/2 O2 (g) + 2 Al (l)
Publicado por: Líria Alves de Souza

Assuntos Relacionados