Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Curiosidades Químicas
  4. Química dos fogos de artifício

Química dos fogos de artifício

Barulhos estrondosos acompanhados de faíscas reluzentes fazem dos fogos de artifícios convidados especiais nas comemorações. É assim nas festas de Réveillon, onde o céu se enfeita com um misto fascinante de cores.

Todo este brilho e glamour têm explicação na Química, as diferentes cores são obtidas pela queima de diferentes compostos. Conheça agora os responsáveis pela coloração dos fogos que animam nossas festas.

Prata: a chamada “chuva de Prata” é produzida pela queima de pó de Titânio e Alumínio.

Dourado: o aquecimento de Ferro nos faz visualizar o tom de Ouro.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Azul: o cobre presente nos fogos de artifício confere a cor azul.

Roxo: a mistura de Estrôncio e Cobre dá origem ao azul mais fechado (roxo).

Vermelho: a cor rubra surge da queima de sais de Estrôncio e de Lítio.

Amarelo: se queimarmos Sódio teremos a cor amarela.

Verde: a queima de Bário faz surgir o verde incandescente.

Esta é a química dos fogos de artifício, da próxima vez que admirar uma chuva de fogos lembre-se da origem das cores.

A explosão de cores dos fogos de artifício está nos compostos químicos
A explosão de cores dos fogos de artifício está nos compostos químicos
Publicado por: Líria Alves de Souza

Assuntos Relacionados