Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Inorgânica
  4. Reações de dupla troca entre sal e ácido

Reações de dupla troca entre sal e ácido

As reações de dupla troca entre sal e ácido produzem um novo ácido e um novo sal a partir da troca de cátions e ânions dos reagentes.

Reações de dupla troca são fenômenos químicos nos quais duas substâncias compostas reagem e formam duas novas substâncias compostas por meio da troca de seus íons (cátions e ânions). Um exemplo geral de dupla troca pode ser observado na equação abaixo:

XY + ZD → XD + ZY

Podemos perceber na equação acima que o cátion (X) da substância XY interage com o ânion (D) da substância ZD, e o cátion (Z) da ZD interage com o ânion (Y) da XY.

Quando realizarmos uma reação de dupla troca entre um sal (substância que apresenta um cátion diferente de H+ e um ânion diferente de OH-) e um ácido (apresenta um cátion H+ e um ânion diferente de OH-), sempre ocorrerá a formação de um novo sal e um novo ácido. Abaixo temos uma equação que representa, de forma geral, esse processo:

HY + ZD → HD + ZY

Quando uma reação de dupla troca entre sal e ácido é realizada, pode haver ou não a ocorrência de modificações visuais durante o experimento, como borbulhamento (produção de um gás) e formação de um sólido no fundo do recipiente.

Os critérios que podem ser utilizados para indicar se ocorre ou não alteração visual na reação de dupla troca entre um sal e um ácido são:

  • Formação de um ácido mais fraco que o ácido do reagente

  • Formação de um ácido mais volátil que o ácido do reagente

  • Formação de um ácido mais instável que o ácido do reagente

  • Formação de um sal praticamente insolúvel

Assim, basta um dos critérios descritos acima para sabermos se ocorrerá ou não alteração visual na reação de dupla troca entre um sal e um ácido. Vamos acompanhar agora alguns exemplos que ilustram esse fato:

Exemplo 1: Reação entre o Ácido sulfúrico e o Cianeto de crômio III

A reação ocorre

H2SO4 + Cr(CN)3 → HCN + Cr2(SO4)3

Nesse caso, o cátion H+ do ácido interage com o ânion cianeto (CN-) do sal, formando o ácido cianídrico (HCN), e o cátion Cr+3 do sal interage com o ânion sulfato (SO4-2) do ácido, formando o sal sulfato de crômio III [Cr2(SO4)3].

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Haverá alteração visual porque o ácido formado é mais fraco que o ácido do reagente.

Exemplo 2: Reação entre o Ácido fosfórico e o Borato de cálcio

A reação ocorre

H3PO4 + Ca3(BO3)2 → H3BO3 + Ca3(PO4)2

Nesse caso, o cátion H+ do ácido interage com o ânion borato (BO3-3) do sal, formando o ácido bórico (H3BO3), e o cátion Ca+2 do sal interage com o ânion fosfato (PO4-3) do ácido, formando o sal fosfato de cálcio [Ca3(PO4)2].

Haverá alteração visual porque temos a formação de um sal praticamente insolúvel, já que todo fosfato é solúvel com amônio (NH4+) ou elemento da família IA.

Exemplo 3: Reação entre o Ácido iodídrico e o Cloreto de potássio

A reação não ocorre

HI + KCl → HCl + KI

Nessa dupla troca, o cátion H+ do ácido interage com o ânion cloreto (Cl-) do sal, formando o ácido clorídrico (HCl), e o cátion K+ do sal interage com o ânion iodeto (I-) do ácido, formando o sal Iodeto de potássio (KI).

Não haverá alteração visual porque o sal formado é solúvel em água e o ácido formado não é mais fraco, mais volátil ou mais instável que o ácido do reagente.

Exemplo 4: Reação entre o ácido clorídrico e o carbonato de sódio

A reação ocorre

HCl + Na2CO3 H2CO3 + NaCl

Nessa dupla troca, o cátion H+ do ácido interage com o ânion carbonato (CO3-2) do sal, formando o ácido carbônico (H2CO3), e o cátion Na+ do sal interage com o ânion cloreto (Cl-) do ácido, formando o sal cloreto de sódio (NaCl).

Haverá alteração visual porque o ácido formado é mais instável que o ácido do reagente.

Produção de gás em uma reação química de dupla troca
Produção de gás em uma reação química de dupla troca
Publicado por: Diogo Lopes Dias

Assuntos Relacionados