Semimetais

Os elementos destacados em verde são os semimetais na Tabela Periódica
Os elementos destacados em verde são os semimetais na Tabela Periódica

Uma forma de se classificar os elementos químicos que aparecem na Tabela Periódica é em metais, semimetais e ametais. Os semimetais correspondem àqueles elementos que possuem propriedades intermediárias entre os metais e os ametais.

Algumas dessas propriedades são:

* Apresentam um brilho típico semimetálico;

* Conduzem eletricidade apenas parcialmente;

* Fragmentam-se.

 Veja que essas características são mesmo intermediárias, pois os metais possuem brilho metálico e os ametais não, os metais são bons condutores de eletricidade e os ametais não são condutores e enquanto os metais são maleáveis, os ametais podem se fragmentar.

Segundo a classificação mais antiga utilizada no Brasil, sete elementos são considerados ametais: Boro (B), Silício (Si), Germânio (Ge), Arsênio (As), Antimônio (Sb), Telúrio (Te) e Polônio (Po).

Elementos considerados semimetais

Esses elementos tendem a ser economicamente importantes, principalmente devido à forma como conduzem parcialmente a corrente elétrica. O mais visado é o silício, muito usado em indústrias de semicondutores e chips de computadores.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O silício é um dos semimetais mais importantes economicamente

A IUPAC (União Internacional da Química Pura e Aplicada) recomenda que os elementos sejam classificados dessa forma, isto é, como metais, semimetais e ametais. No entanto, ela não define quais são os critérios para considerar um elemento como semimetal.

Além disso, essa classificação está em desuso hoje em dia, sendo que em muitas Tabelas Periódicas tais elementos são classificados apenas como metais ou como ametais, dependendo das características estudadas. Geralmente, são considerados como metais o germânio, o antimônio e o polônio, e como ametais o boro, o silício, o arsênio e o telúrio.

Outro ponto importante é que os semimetais também eram chamados de metaloides, mas essa nomenclatura foi abandonada.

Assuntos Relacionados