Tipos de Sais

Quando se fala em sais, imaginamos aqueles usados em banhos ou Cloreto de Sódio (NaCl), nosso famoso sal de cozinha. Apresentamos aqui uma variedade de sais e suas classificações de acordo com a natureza de seus íons.

Definição de sal: toda substância que, em solução aquosa, sofre dissociação liberando um cátion diferente de H+ e um ânion diferente de OH-.

Os sais se classificam em ácidos, básicos, neutros, mistos ou hidratados:

Sal básico (hidróxi-sal): apresenta dois ânions e um cátion. Exemplo:

Al(OH)2Cl2 - cloreto dibásico de alumínio

Dissociação eletrolítica: Al2+ OH2- Cl2-

Sal ácido (hidrogeno-sal): é formado por dois cátions e somente um ânion. Exemplo:

NaHCO3 - bicarbonato de sódio

Os íons responsáveis pela formação deste sal podem ser visualizados pela sua dissociação eletrolítica: Na+H+ CO32-

Sal neutro: como o próprio nome já diz, este sal é produto da neutralização total de um ácido ou de uma base. Se for neutralizado indica que não existem íons H+ e OH-. Sendo assim, são identificados pela ausência na fórmula dos íons H+ e OH-. Exemplo:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Carbonato de potássio (K2CO3) e Cloreto de Sódio (NaCl).

Sal misto: composto por dois cátions ou dois ânions diferentes. Exemplo:

NaLiSO4 - sulfato de sódio e lítio

Dissociação eletrolítica: Na+ Li+ SO42-

Repare que o sal misto foi formado por dois cátions diferentes (Na+ Li+). Lembrando que os íons participantes da reação precisam ser diferentes de H+ e de OH-.

Sal hidratado: aquele que contém água na composição. As moléculas de H2O ficam localizadas no retículo cristalino da estrutura salina. Exemplo:

CaSO4 . 2 H2O – sulfato de cálcio di-hidratado.

Como se classifica um sal?
Como se classifica um sal?
Publicado por: Líria Alves de Souza

Assuntos Relacionados