Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Curiosidades Químicas
  4. Um mergulho no subatômico: a teoria dos 7 elementos

Um mergulho no subatômico: a teoria dos 7 elementos

Átomo e partículas subatômicas.
Átomo e partículas subatômicas.

O Universo e tudo que se encontra nele são feitos de ingredientes, e da forma como eles interagem entre si, por exemplo, as pedras, as estrelas, enfim, tudo ao nosso redor e até mesmo nós, temos como constituintes os 7 elementos, conheça cada um e desvende os mistérios que cerca o átomo:

1. Neutrino: essa é a forma de matéria mais leve que existe, interage tão pouco que até é chamado de partícula fantasma. O Neutrino surge dentro do núcleo atômico, quando um próton se transforma em nêutron (ou vice-versa), esta reação ocorre nos átomos de hidrogênio do sol e dentro de nós. Uma demonstração disso é que os átomos de potássio presentes em nosso corpo estão emitindo neutrinos neste exato momento.

2. Elétron: foi a primeira partícula a ser descoberta, em 1897, e mora na periferia do átomo, conhecida também como eletrosfera. Esta parte do átomo é gigantesca, se o núcleo do átomo fosse do tamanho de uma bola de futebol, o espaço habitado pelos elétrons seria do tamanho de um estádio.

Os elétrons são fundamentais para que os átomos liguem-se uns aos outros e formem objetos maiores. Os elétrons, apesar de ter massa desprezível, são os grandes responsáveis pelas maravilhas da civilização: movem-se no filamento da lâmpada e produzem luz, chocam-se contra a tela da televisão e acendem a imagem.

3. Quarks: são superpartículas, os tijolos que a natureza usa para construir prótons e nêutrons. Encontram-se no núcleo atômico e possuem um tipo de “carga elétrica” que pode ter a coloração verde, vermelha ou azul, estas cores vão se alternando a todo o momento.

4. Glúon: os glúons são responsáveis pela troca de coloração dos Quarks, eles ficam circulando de um quark a outro sem parar. Os glúons também são chamados de Força Nuclear Forte, eles são donos da força mais poderosa do Universo chegando a ser mais forte do que a gravidade que nos mantém unidos ao chão. Mas quando os Glúons se desfazem a Força Nuclear deixa de existir e acontece a famosa fissão nuclear: quando o átomo é partido em dois.

5. Bósons da Força Fraca: a radioatividade é causada por partículas que destroem os átomos, essas partículas são os Bósons.

6. Fóton: é ele que carrega a força eletromagnética, a principal responsável por manter os elétrons em torno do núcleo e formar ligações químicas dos átomos e moléculas. Essa força é a segunda maior do Cosmos, e a prova disso é que basta um ímã minúsculo para levitar um alfinete e vencer toda a gravidade da Terra.

Graça aos fótons que existe o sinal da TV, do rádio, do celular e os raios X.

7. Gráviton: mais uma força presente no universo, a mais fraca, no entanto é a que mais percebemos no dia-a-dia, é a responsável pela gravidade.

Todos os elementos são de fundamental importância para a existência do Universo, até mesmo aqueles que parecem insignificantes como os Bósons da Força Fraca, sem eles o Sol não existiria, o quê? Pode acreditar! Eles transformam prótons em nêutrons, e o brilho do sol é proveniente da fusão de átomos “mutantes”, que passaram justamente por essa transformação de prótons para nêutrons.

Como se vê, o estudo dos sete elementos pode nos trazer grandes surpresas e existe infinitamente mais a ser conhecido sobre a Harmonia Elementar.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assuntos Relacionados