A Redação do Enem

Diferente do vestibular com as inovações textuais, o Enem costuma cobrar um texto simples: a dissertação.

Esta última nada mais é do que um texto informativo e opinativo acerca de algum tema sugerido.

É uma produção mais livre, uma vez que o escritor defende um ponto de vista através de argumentos próprios, pessoais. E é por este motivo que o aluno deve ficar mais atento à linguagem e evitar certos deslizes, como:

- Apoiar conceitos gerais já formados por não ter refletido sobre o assunto;
- O uso de gírias, coloquialismo e jargões;
- A parcialidade na exposição das informações (idéias soltas e desvinculadas do todo);
- Apresentação de vários argumentos;
- Uso de expressões absolutistas ou vazias, como: na maioria das vezes, na verdade, com certeza, a nível de, no sentido de, com toda certeza, atualmente, hoje em dia, nos dias de hoje, venho por meio desta.

Para enriquecer seu texto, explicite um argumento e enfatize-o citando algum trecho da coletânea ou inserindo alguma informação que você tenha conhecimento, como fóruns, seminários ou simpósios que estejam acontecendo, palestras que ocorrerão sobre o assunto tratado no texto, etc.

Além disso, em um tema geral, como por exemplo: meio ambiente; escolha um tema específico: a devastação do Pantanal.. Contudo, é importante que você escolha um tópico que tenha mais domínio. Se você está mais informado sobre a devastação da Floresta Amazônica ou sobre o Protocolo de Kyoto, então, escolha um destes. Dessa forma, você delimita o que irá escrever, se concentra melhor e ainda tem mais segurança, pois já tem conhecimento a respeito daquele determinado assunto.

Se houver tempo, o ideal é fazer um rascunho, pois é através dele que você fará uma releitura para analisar se não há palavras repetidas ou dados desnecessários no seu texto. Aproveite e verifique períodos longos que tendem a ficar confusos e obsoletos. Agora é só “passar a limpo”!

No mais, fique tranquilo e boa prova!

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Sabrina Vilarinho
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados