Aforismo

Você sabe o que é um aforismo? Trata-se de um gênero textual bastante peculiar. Ele é marcado, principalmente, pela precisão com que condensa complexos conceitos filosóficos.

Você sabe o que é um aforismo?

Talvez você nunca tenha ouvido falar, mas trata-se de um gênero textual bem peculiar e facilmente identificável. O dicionário Houaiss, um dos mais tradicionais e respeitados glossários da língua portuguesa, traz as seguintes definições para aforismo:

 “Máxima ou sentença que, em poucas palavras, explicita regra ou princípio de alcance moral; apotegma, ditado”.

 “Texto curto e sucinto, fundamento de um estilo fragmentário e assistemático na escrita filosófica. Relacionado a uma reflexão de natureza prática ou moral.”

Os aforismos caracterizam-se, sobretudo, pela brevidade e precisão. São concisos e taxativos, apresentam um discurso quase sempre doutrinador, conciliando literatura e filosofia. Aproximam-se, conforme definição do dicionário, dos provérbios populares, pois contêm máximas capazes de traduzir amplos e complexos conceitos por meio de pequenas sentenças.

A palavra aforismo tem origem no grego aphorismós, cujo significado é limitação, definição breve, sentença. Embora condensem conceitos amplos em poucas palavras, os aforismos nem sempre têm intenção de ser uma verdade absoluta, encerrada em si e para si: podem, muitas vezes, ser uma metodologia de expressão de pensar. Quando faltam palavras para definir coisas que por vezes parecem inomináveis ou indefiníveis, lá estão os aforismos, prontos para verbalizar pensamentos e sentimentos.

O bom aforista é capaz de traduzir em palavras uma realidade comum. São pessoas perspicazes, cuja habilidade linguística permite sintetizar e representar por meio de sentenças aquilo que muitos desejam escrever. Também é importante lembrar que o aforismo é um gênero textual que estabelece uma interessante intersecção com a literatura: muitos foram os escritores que se aventuraram no campo das máximas, produzindo pérolas que ficaram gravadas para sempre na memória de seus leitores. Que tal conferir alguns? De Nietzsche a Drummond, a literatura sempre nos oferece os mais interessantes aforismos. Boa leitura!

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

No fim das contas, uma pessoa ama os próprios desejos e não aquilo que é desejado.
Nietzsche

O aforismo constitui uma das maiores pretensões da inteligência, a de reger a vida.
Carlos Drummond de Andrade

Entre as diversas formas de mendicância, a mais humilhante é a do amor implorado.
Carlos Drummond de Andrade

Sonhar é acordar-se para dentro.
Mario Quintana

A arte de viver consiste em tirar o maior bem do maior mal.
Machado de Assis

O ócio é o princípio de todos os vícios e o coroamento de todas as virtudes.
Franz Kafka

A mentira é o único privilégio do homem sobre todos os outros animais.”
Fiódor Dostoiévski

Para os peixinhos do aquário, quem troca a água é Deus.”
Mario Quintana

Todos estamos deitados na sarjeta, só que alguns estão olhando para as estrelas.
Oscar Wilde

Deus existe mesmo quando não há. Mas o demônio não precisa de existir para haver.
Guimarães Rosa

Os aforismos condensam em poucas palavras conceitos filosóficos complexos. Estabelecem, também, uma interessante intersecção com a literatura
Os aforismos condensam em poucas palavras conceitos filosóficos complexos. Estabelecem, também, uma interessante intersecção com a literatura
Publicado por: Luana Castro Alves Perez

Assuntos Relacionados