Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Redação
  3. Gêneros textuais
  4. Intergenericidade

Intergenericidade

A intergenericidade, também conhecida com intertextualidade intergêneros, é um interessante fenômeno relacionado com o processo de hibridização de gêneros textuais.

Você sabe o que é intergenericidade?

A intergenericidade, ou intertextualidade intergêneros, é um fenômeno estudado pela linguística textual e está relacionada, como você já deve ter percebido, com os diferentes gêneros textuais. Os gêneros textuais fazem parte da comunicação e, por serem variadas as interações verbais, sejam elas orais ou escritas, são variados também os gêneros. Diferentemente do que acontece com os tipos textuais, que podem ser contados e categorizados, os gêneros não podem ser contabilizados, e essa é uma de suas principais características.

Mas falemos agora sobre a intergenericidade: trata-se de um fenômeno segundo o qual um gênero pode assumir a forma de outro gênero, tendo em vista o propósito da comunicação, finalidade maior de todos os atos de fala. Essa hibridização (outra denominação para a intergenericidade) pode ser facilmente encontrada em anúncios publicitários, tirinhas e até mesmo em artigos de opinião. Observe os exemplos:

Na propaganda do Governo Federal contra as drogas, é possível observar a hibridização de dois gêneros distintos
Na propaganda do Governo Federal contra as drogas, é possível observar a hibridização de dois gêneros distintos

Na imagem acima, uma peça publicitária do Governo Federal cujo objetivo é o combate às drogas, podemos observar de maneira clara a fusão de dois diferentes gêneros: o gênero história em quadrinhos e o gênero anúncio publicitário. A escolha não foi feita de maneira aleatória, mas sim com um propósito bem definido: estabelecer uma comunicação eficiente com o público-alvo da campanha: os adolescentes. Para isso, o grupo de publicitários responsáveis pela peça publicitária optou pelo uso de uma HQ, gênero muito associado ao universo jovem, fundindo-o com elementos próprios do gênero anúncio publicitário.

Os anjos

Hoje não dá
Hoje não dá
Não sei mais o que dizer
E nem o que pensar

Hoje não dá
Hoje não dá
A maldade humana agora não tem nome
Hoje não dá

Pegue duas medidas de estupidez
Junte trinta e quatro partes de mentira
Coloque tudo numa forma
Untada previamente
Com promessas não cumpridas
Adicione a seguir o ódio e a inveja
Dez colheres cheias de burrice
Mexa tudo e misture bem
E não se esqueça antes de levar ao forno temperar
Com essência de espírito de porco
Duas xícaras de indiferença
e um tablete e meio de preguiça

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Hoje não dá
Hoje não dá
Está um dia tão bonito lá fora
E eu quero brincar

Mas hoje não dá
Hoje não dá
Vou consertar a minha asa quebrada
E descansar

Gostaria de não saber destes crimes atrozes
É todo dia agora e o que vamos fazer?
Quero voar pra bem longe mas hoje não dá
Não sei o que pensar e nem o que dizer
Só nos sobrou do amor
A falta que ficou

(Legião Urbana)

Na letra da música, composta por Dado Villa-Lobos e Renato Russo, podemos identificar características do gênero receita, embora saibamos que, de fato, o texto não cumpre a função de ensinar o leitor a cozinhar. Sabemos que se trata do gênero música e interpretamos os elementos próprios do gênero receita de maneira metafórica, isto é, não levamos a sério as indicações do compositor, pois sabemos que se trata de uma licença poética.

Analisados os exemplos, podemos afirmar que a intergenericidade é um recurso muito importante para a construção dos sentidos dos textos, pois não fosse a mistura de gêneros, provavelmente a comunicação não teria alcançado efeitos tão impactantes ou mesmo não teria cumprido a finalidade de comunicar. A natureza dinâmica dos gêneros textuais pede que novos modelos sejam criados para que os destinatários sejam atingidos de forma mais direta e eficaz, tudo isso por meio da quebra do cânone.

Quando pensamos em um anúncio publicitário, por exemplo, algumas características do gênero surgem instantaneamente em nossa memória e, quando essa expectativa é quebrada por meio da intertextualidade intergêneros, somos surpreendidos com o rompimento do modelo cognitivo esperado. E quem não gosta de surpresas? A intergenericidade, indubitavelmente, deixa os textos, especialmente aqueles mais acessados em nosso cotidiano, muito mais interessantes!

A intergenericidade é um fenômeno fundamental para a construção de sentidos do texto
A intergenericidade é um fenômeno fundamental para a construção de sentidos do texto
Publicado por: Luana Castro Alves Perez

Assuntos Relacionados