Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Redação
  3. Textualidade
  4. O parágrafo-padrão

O parágrafo-padrão

O parágrafo-padrão é construído em três partes: introdução, desenvolvimento e conclusão.

O que é parágrafo-padrão?

Antes de adentrarmos propriamente na definição de parágrafo-padrão, convém retomarmos a noção de parágrafo. Considera-se como parágrafo uma unidade textual suficientemente longa para conter uma comunicação completa, ou seja, é uma unidade textual que apresenta uma ideia central, a qual se unem ideias secundárias que possuem entre si uma relação de sentido e uma organização lógica.

Retomada essa noção, vamos agora destrinchar os aspectos que envolvem a constituição do parágrafo-padrão.

Esse tipo de parágrafo é organizado de forma a apresentar três partes: introdução, desenvolvimento e conclusão. A introdução é composta por uma ideia-núcleo apresentada em um ou dois períodos; o desenvolvimento trata-se da explicação dessa ideia-núcleo; e, por fim, a conclusão, que aparece raramente, é composta por um breve fechamento da ideia central do parágrafo.

Observe um exemplo desse tipo de parágrafo:

“Viver é mesmo uma ginástica. O coração se contorce para bombear o sangue que, por sua vez, corre o corpo inteiro. A respiração estica e encolhe os pulmões. O aparelho digestivo se dobra e desdobra com o alimento. Tudo na vida animal é movimento – músculos que se contraem, músculos que se estendem. Graças a cerca de 650 músculos o homem pode, além de viver, ficar em pé, andar, dançar, falar, piscar os olhos, cair na gargalhada, prorromper em lágrimas, expressar no rosto suas emoções, escrever e ler este texto. Portanto, o desempenho da musculatura é muito mais forte que mera força bruta.”

Revista Superinteressante, n. 2, 1988.

É possível notar que o parágrafo inicia-se com uma ideia-núcleo, ou tópico frasal, do tipo definição: Viver é mesmo uma ginástica.

Em seguida, há um desenvolvimento explicativo dessa definição primária, que compara os movimentos dos órgãos humanos com os movimentos realizados durante a prática de uma modalidade esportiva: O coração se contorce para bombear o sangue que, por sua vez, corre o corpo inteiro. A respiração estica e encolhe os pulmões. O aparelho digestivo se dobra e desdobra com o alimento. Tudo na vida animal é movimento – músculos que se contraem, músculos que se estendem. Graças a cerca de 650 músculos o homem pode, além de viver, ficar em pé, andar, dançar, falar, piscar os olhos, cair na gargalhada, prorromper em lágrimas, expressar no rosto suas emoções, escrever e ler este texto.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

E, finalmente, há uma breve conclusão do que foi dito nos períodos anteriores, reafirmando e retomando o tópico frasal apresentado na introdução, ou seja, há uma circularidade na composição do parágrafo-padrão, o que promove o encadeamento coerente e coeso das ideias principais e secundárias: Portanto, o desempenho da musculatura é muito mais forte que mera força bruta.

Estrutura do parágrafo-padrão

  • Introdução: possui uma ideia-núcleo, ideia principal ou tópico frasal, que expressa uma síntese do conteúdo de todo o parágrafo.
  • Desenvolvimento: possui ideias secundárias que explicam, comentam, desenvolvem, ampliam o tópico frasal
  • Conclusão: possui ideias que fecham o parágrafo e arrematam a ideia central.

Exemplo de parágrafo-padrão:

A globalização é o estágio supremo da internacionalização. O processo de intercâmbio entre países, que marcou o desenvolvimento do capitalismo desde o período mercantil dos séculos XVII e XVIII, expande-se com a industrialização, ganha novas bases com a grande indústria nos fins do século XIX e, agora, adquire mais intensidade, mais amplitude e novas feições. O mundo inteiro torna-se envolvido em todo tipo de trocas: técnicas, comerciais, financeiras, culturais.”

(Milton Santos, Folha de S. Paulo, 5 abr. 1996)

O parágrafo-padrão é organizado em três partes
O parágrafo-padrão é organizado em três partes
Publicado por: Mariana Rigonatto
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados