Apnéia do Sono

A Apnéia do Sono consiste no bloqueio do fluxo de ar durante o sono.
A Apnéia do Sono consiste no bloqueio do fluxo de ar durante o sono.

Apnéia do Sono é um problema de saúde que consiste na parada temporária da respiração ou do fluxo aéreo durante o sono. O mesmo pode passar despercebido por muitas pessoas, uma vez que as interrupções na respiração não são capazes de despertar o indivíduo. O principal indício da Apnéia do Sono é a sonolência durante o dia, fato que faz com que a situação seja minimizada ou passe despercebida por muitos pacientes.

A parada do fluxo aéreo dura, em média, 10 segundos, tempo suficiente para causar uma significativa redução na oxigenação do sangue. A Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono (SAOS) é caracterizada pela obstrução das vias aéreas, impedindo que o ar chegue aos pulmões. Tal distúrbio é freqüentemente associado ao ronco, que nada mais é do que a tradução sonora do estreitamento da via aérea.

Além da sonolência e do ronco, os outros sintomas da Apnéia do Sono são: obesidade, refluxo gastroesofágico, irritabilidade, depressão, dificuldades de concentração, modificações da voz e cefaléia. Tais quadros podem ser agravados caso o paciente esteja com um peso muito acima do normal, seja fumante e ingira bebidas alcoólicas regularmente.

O diagnóstico do problema é feito por meio de um indicador denominado índice de distúrbio respiratório, que registra a quantidade de apnéias por hora de sono. Caso o indivíduo apresente um número superior a 5 já é considerado portador da Apnéia do Sono.
O tratamento para o distúrbio se resume na eliminação de situações de agravamento. Dessa forma, é recomendável que o paciente perca peso, abandone a ingestão de bebidas alcoólicas, mantenha uma boa higiene de sono, etc. Tratamentos cirúrgicos também podem ser necessários para a correção de distúrbios anatômicos que dificultam a passagem do ar.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assuntos Relacionados