Você está aqui Mundo Educação Saúde e Bem-estar Problemas de Saúde Mau hálito (halitose)

Mau hálito (halitose)

O mau hálito, também conhecido como halitose, afeta negativamente a vida de uma pessoa e geralmente pode ser tratado com boa higiene bucal.

Mau hálito (halitose)
O mau hálito pode ser desencadeado por uma má higiene bucal

O mau hálito pode prejudicar consideravelmente a vida de uma pessoa, afetando, inclusive, suas relações interpessoais. Esse problema, conhecido também como halitose, acomete pessoas de ambos os sexos e pode ter diferentes causas, porém, normalmente, é desencadeada por decomposição de restos de alimentos que ficam entre os dentes.


O que é o mau hálito?

O mau hálito é uma condição em que ocorrem alterações no hálito, as quais desencadeiam a eliminação de odores fétidos pela boca. Vale destacar que o hálito geralmente é inodoro e nada mais é do que o ar expirado pelos pulmões.

De uma maneira geral, não costumamos dizer que o mau hálito é uma doença, sendo chamada frequentemente de uma condição anormal do hálito. Essa condição pode ter causa patológica ou fisiológica.

A halitose matinal, por exemplo, é uma forma de halitose fisiológica e atinge praticamente toda a população. Ela é ocasionada por uma redução da quantidade de saliva produzida durante o sono. Outra forma de halitose fisiológica é aquela que acontece por causa de algum alimento e/ou bebida. O alho, por exemplo, pode desencadear halitose. Percebe-se que as formas fisiológicas de halitose podem ser facilmente resolvidas com boa higiene bucal, sendo, portanto, uma condição transitória.

Existe ainda a halitose patológica, que é muito mais intensa e, diferentemente da fisiológica, não é transitória, e sim persistente. Geralmente, a halitose patológica está relacionada com a doença periodontal inflamatória crônica. Esse problema pode ser eliminado por meio de tratamento odontológico.

Podemos dizer ainda que existe a pseudo-halitose. Nesse caso, o paciente acredita que há halitose, porém isso não é uma verdade.


Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais as principais causas do mau hálito?

Como dito anteriormente, o mau hálito pode ter várias origens, decorrendo, geralmente, de problemas na boca. Estima-se que de 80% a 90% dos casos de mau hálito possuam origem na cavidade oral. Entre esses problemas, podemos destacar a retenção de partículas de alimentos entre os dentes, gengivite, cáries, próteses artificiais mal confeccionadas ou mal higienizadas, cicatrização após cirurgias e língua saburrosa. Vale salientar que outras condições do organismo podem causar o mau hálito, tais como a desidratação após a realização de atividades físicas, infecções respiratórias, bronquite, diabetes, cigarro, uso de álcool, sinusite e refluxo.


Mau hálito causa grandes danos à saúde?

O mau hálito, de uma maneira geral, está mais relacionado com prejuízos psicossociais. Isso se deve ao fato de que o odor desagradável pode causar uma certa insegurança na pessoa, que passa a ter dificuldade de relacionar-se com outras, o que pode desencadear problemas mais sérios como depressão, ansiedade e queda no desempenho profissional e escolar. Outro ponto que merece destaque é o fato de que, muitas vezes, o mau hálito está relacionado com outras doenças, então, é fundamental analisar esses casos para evitar situações mais graves.


Como é feito o tratamento do mau hálito?

O mau hálito é tratado basicamente com escovação, uso correto do fio dental e raspagem da língua. Também são usados frequentemente enxaguantes bucais. Vale salientar que cáries, fraturas e outros problemas odontológicos estão também relacionados com o mau hálito, nesse caso, é necessário tratamento odontológico, incluindo, por exemplo, restaurações.

Assuntos Relacionados