Pré-diabetes

Pré-diabetes, segundo a Associação Americana de Diabetes, é o termo que “identifica aqueles indivíduos com risco potencial de desenvolvimento do diabetes. É uma condição intermediária entre a normalidade e o diabetes tipo 2, do adulto”. 50% das pessoas com este diagnóstico desenvolvem diabetes no prazo de 10 anos.

Em exames laboratoriais, o pré-diabetes é definido entre a faixa de 100 e 125mg/dl do exame de glicemia em jejum. Valores abaixo do indicado nos reportam a indivíduos saudáveis, quanto a este parâmetro. Já aqueles com a taxa de glicemia de jejum acima de 125mg/dl, são identificados como portadores do diabetes tipo 2. Outro exame é o teste oral de tolerância à glicose (TOTG). Neste, o paciente ingere um líquido contendo 75 gramas de glicose e, duas horas depois, é medida a sua glicemia. Valores entre 140 e 200mg/dl indicam o pré-diabetes.

Idade acima de 45 anos, excesso de peso, sedentarismo, hipertensão arterial, altas taxas de colesterol e triglicérides, além do histórico familiar são fatores de risco para este diagnóstico. Mulheres com ovários policísticos, que tiveram diabetes gestacional e/ou deram à luz a um bebê com mais de 4kg, também pertencem a este grupo.

Geralmente se manifesta de forma silenciosa. Em casos em que os sintomas aparecem, os principais são:

- Aumento da sede;
- Aumento do apetite;
- Micções mais frequentes;
- Dor nos membros inferiores;
- Formigamento nos pés;
- Alterações visuais;
- Cansaço acentuado;
- Maior incidência de infecções;
- Cicatrização de feridas em ritmo mais lento.

Como atrasar/impedir a manifestação do diabetes:

- Evitar a ingestão de alimentos ricos em gordura, açúcar e massas; dando preferência aos integrais;
- Não fumar;
- Praticar exercícios regularmente – meia hora de caminhada, por dia, já pode ser bastante benéfico;
- Se alimentar de porções menores, em intervalos de 3 em 3 horas;
- Usar medicamentos específicos, caso o médico prescreva.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Em alguns casos, o pré-diabético apresenta sintomas característicos
Em alguns casos, o pré-diabético apresenta sintomas característicos

Assuntos Relacionados