Refrigerante

Os refrigerantes são bebidas gasosas, não alcoólicas, com grandes quantidades de corantes e conservantes. A bebida surgiu em Paris, em 1676, quando uma empresa resolveu juntar suco de limão, água e açúcar. O refrigerante é uma bebida bastante consumida no mundo inteiro. No Brasil, por exemplo, seu consumo aumentou 400%, de 1974-1975 a 2002-2003. Entretanto, o consumo exagerado da bebida pode ter sérias conseqüências para a saúde.

Uma das grandes questões em relação ao consumo do refrigerante é a grande quantidade de açúcar presente nessas bebidas. Isso pode provocar cáries e obesidade, além de agravar quadros de gastrite, colesterol e diabetes. Existem certos refrigerantes que não contém açúcares, porém, mesmo assim, a ingestão de adoçantes artificiais não é indicada.

A ingestão habitual do refrigerante também proporciona um alto consumo de calorias. O maior problema nesse caso não é a quantidade de calorias presente, já que um copo de suco de laranja possui mais calorias do que um copo de refrigerante, mas sim, o fato da bebida não acrescentar praticamente nada em termos de vitaminas e minerais no organismo.

Muitos refrigerantes também possuem cafeína, substância estimulante do sistema nervoso e que causa dependência. Outra grande preocupação em relação aos refrigerantes é que a bebida possui uma grande quantidade de fósforo, prejudicando a absorção de cálcio pelo organismo.

Assim, podemos concluir que o refrigerante não deve ser ingerido diariamente, muito menos assumindo o lugar da água, visto que essa é um elemento essencial para o ser humano.
Refrigerante
Refrigerante
Publicado por: Tiago Dantas

Assuntos Relacionados